Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Mãe, gosto de ti

Mãe,

quando olho o teu rosto,

vejo as tuas rugas,

e o teu olhar cansado,

vejo o teu cabelo branco,

e o teu sorriso feliz,

oiço as tuas palavras sábias

e sinto-me apenas um aprendiz!

 

gosto quando dizes,

que bom é ter filhas,

sem elas, que seria de mim?

gosto que nos ames, 

e nós te amamos sem fim!

 

Mãe, és a nossa princesa,

a nossa rainha,

te prestamos vassalagem

e o nosso amor te acarinha!

(Maria Flor)

DSC07513 - Cópia.JPG

 

Cabeleireiro

Já não podia adiar mais, o tempo está quentinho, o espelho diz-me que o cabelo tem que levar um corte. Vai ser hoje.

Quando cheguei ao salão, a cabeleireira estava a pintar o cabelo a um sujeito, não é que eu tenha alguma coisa contra a que os sujeitos pintem o cabelo, ninguém disse que isso era uma coisa só de mulheres. Acontece que, eu pesoalmente gosto de ver os homens de cabelo grisalho, mesmo que ainda sejam relativamente novos, acho que lhes dá um charme especial.

 

Também em certas mulheres o cabelo grisalho as favorece desde que se apresente com bom corte e bem tratado, se assim não for, penso que desfavorece qualquer mulher, excepto aquelas senhoras já de idade bem avançada, essas senhoras ficam lindas com o cabelo todo branquinho.

 

Este sujeito não gosta de ter os cabelos brancos, eu também não gosto de ter os meus cabelos brancos, por isso também os pinto.

Cuidados-a-ter-na-hora-de-ir-ao-cabeleireiro.1.jpg

 

 

Eu própria pinto os meus cabelos, vou ao supermercado compro a tinta que mais me agrada e, em casa, depois de proteger a roupa com uma capa que improvisei, preparo aquela mistura e vai disto, aperto a bisnaga, espalho a tinta por todo o cabelo, não é dificil já que uso sempre o cabelo curto, deixo actuar o tempo recomendado e voilá, lava-se e já está, em pouco mais de meia hora está tudo feito.