Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

O estranho que não é um estranho

19.04.15 | Maria Flor | comentar
..... caminhas na rua um dia, outro e outro, passas sempre alheio ao que, e a quem te rodeia, vais embrenhado nos teus pensamentos e nunca cumprimentas o teu vizinho, "bom dia" não custa muito dizer, mas para ti isso é insignificante e, talvez te julgues uma pessoa (...)

Feira do livro

04.08.12 | Maria Flor | comentar
Deambulando por ruas estreitas, ladeadas de casas brancas com barras azuis numa vila piscatória e turística, onde em cada esquina se encontram pessoas que se cumprimentam num (...)