Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Voltando à rotina diária

Já se passou o Natal, a Passagem do ano, e há dois dias, os Reis. Toda a euforia das festas já terminou e o bolo rei também, fora algum que sobrou e ficou congelado até apetecer comer. A vida regressou à normalidade animada com as mudanças do governo, aumento de salário mínimo e feriados repostos. Tudo parece estar bem. Hoje, sábado, um dia cinzento e húmido, desfaz-se -se a árvore de natal, ao som da música de Adele vai-se enrolando fitas, tirando bolas e laços, por fim, as luzes, apertam-se os ramos da árvore, encolhe-se a mesma e mete-se dentro da caixa, embrulham-se as figuras do presépio em folhas de papel da publicidade que nos deitam todos os dias a caixa do correio... tudo dentro de uma caixa e vai a guardar até ao próximo ano!

E, voltando à rotina diária, Bom Ano para todos!

dpdrac.jpg

 

A rainha do quintal

Mãe, eu queria plantar uma árvore, diz a menina de cinco anos à sua mãe enquanto as duas observam aquela árvore que está  no quintal cheia de flores de cor amarela. Perante isto a mãe diz-lhe: estás a ver esta árvore, está cheia de rebentos junto ao pé, vamos separar com cuidado um rebento com raíz e plantá-lo noutro local. Com a ajuda de uma ferramenta de jardinagem separaram o rebento. Agora vais escolher um local que gostes aqui no quintal para plantar a tua árvore, diz a mãe. Assim, a menina escolheu um local e plantou a "acácia", a sua árvore.

Como tu precisas de comer e beber todos os dias para cresceres, a tua árvore também precisa, assim, até que ela se agarre na terra, tens que a regar de dois em dois dias, depois podem ser mais espaçadas as regas.

A menina cresceu, a acácia também, a menina tornou-se uma linda mulher e a acácia uma bela e frondosa árvore. A menina cuidou sempre a sua árvore com um especial carinho, viu-a crescer, acompanhou o seu crescimento, contou-lhe histórias de outras árvores, contou-lhe segredos seus, sentou-se na sua sombra, dormiu algumas sestas numa rede suportada nos seus ramos. A "minha árvore" como ela lhe chama é a rainha do quintal da casa dos seus pais!

2316 P Acacia de flor amarilla. Flor 19062009.jpg