Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Refletindo sobre ""Sílvia"

"Sílvia é uma cadela abandonada, que se torna uma obsessão para Gonçalo que encontra nela uma razão para olhar a vida de outra maneira. Mas Catarina acha que a cadela é apenas um escape para uma crise de meia-idade. O que não deixa de lhe fazer ciúmes. Uma rival na sua relação com o marido. Para qualquer lado que se volte, qualquer conversa que tenha, para onde quer que olhe só existe uma coisa: Sílvia. A cadela."

"Silvia" é o nome de uma peça de teatro que está em exibição no Teatro Villaret, e que tive a oportunidade de assistir, como elenco tem: Heitor Lourenço, Paulo Pires, Manuela Couto e Gabriela Barros.

Esta peça de teatro tem muitas mensagens e faz-nos pensar no modo como às vezes tratamos os animais. A peça tenta mostrar-nos a sensibilidade dos cães e como a dedicação a eles levada ao exagero também pode ser prejudicial no ambiente familiar. Um cão é uma grande companhia principalmente para quem vive sozinho. Para se ter um cão é necessário estar preparado e ter condições para isso, algum espaço, disponibilidade e paciência, muita paciência. Encontram-se muitos cães abandonados na rua e as razões para o abandono são variadas, no entanto há opçoes alternativas... para quando se deixa de reunir as condições mínimas para que o animal faça parte do nosso ambiente!