Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

O poder de um olhar

Caminhavam em sentidos opostos, embrenhados em seus pensamentos, em questões por resolver, em tarefas para executar .... levantaram os olhares e, por magia, ou não, os seus olhares se cruzaram. Pararam de caminhar, de pensar, de ver o que se passava ao seu redor, os olhos eram incapazes de se desviar, hipnotizados que estavam. Nada disseram, os olhos disseram as palavras que os lábios calaram. Não eram necessárias palavras....

Pessoas de alma transparente, ou não, eram pessoas comuns como tantos outras que nesse momento se sentiram o centro do mundo, que apenas elas existiam e se completavam apenas com um olhar. Um olhar do tamanho de uma vida, um olhar que vê até ao fundo da alma, de uma alma gémea...

Que nome dar a um sentimento assim? instantãneo, doce, límpido....

Um olhar que jamais se esqueceu, que jamais se repetiu, um olhar que perdura ao longo de uma vida.

Doce é o seu olhar

lindo é o seu olhar

o seu olhar é amor!

Olhar.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.