Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Meu nome é Alice

08.05.19 | Maria Flor

Decididamente há certos filmes não deveria ver à noite, e o exemplo disso é este "Meu nome é Alice", um filme que retrata o drama de uma mulher que tem uma vida familiar feliz, uma carreira brilhante como professoara universitária, é uma mulher inteligente e realizada de cinquenta anos que percebe o que lhe está a acontecer quando começa a esquecer-se de palavras, de objetos, de lugares...  Quando consulta o neurologista  e faz os exames, estes dão possitivo, é portadora da doença de Alzheimer precoce rara, um tipo de demência que provoca uma deterioração progressiva e irreversível da memória, atenção, concentração, linguagem e pensamento. 

Alice é uma mulher muito inteligente e forte, tem plena consciência do que lhe está a acontecer e de que o futuro lhe reserva, por isso tenta viver o melhor possível cada dia, mas a doença não perdoa e progride muito rápidamente. Num espaço muito curto de tempo a vida de Alice muda como a noite para o dia....

Já trabalhei com doentes com Alzheimer, pessoas idosas, e sempre me impressionou esta degradação humana, mas desconhecia que podia acontecer a pessoas tão novas e que a degradação fosse tão rápida em idades mais precoces, por isso este filme me tirou o sono nessa noite!

Niguém está livre pois estamos todos debaixo do mesmo telhado!

1_oP_50lIY_xNho9qZ7jrdeQ.jpeg

(Imagem tirada da net)

 

2 comentários

Comentar post