Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Estacionamento

Entrei naquele parque subterrãneo e estacionei. Passadas algumas horas dirigi-me à caixa automática, passei o ticket, introduzi uma nota, fiz validar e recebi o troco. Guardei o ticket e o recibo, tranquila, entrei no carro e dirigi-me à saída. Até aqui, tudo bem. 

 

Passei o ticket conforme as instruções e a cancela não abriu, voltei o ticket com a barra para cima, para baixo, para os lados e nada, a cancela continuava sem abrir, eu estava com pressa, a pessoa que estava atrás de mim também queria sair. Percebeu a minha atrapalhação e veio ver o que se passava, olhou para o visor e disse que estava ali escrito que o estacinamento não estava pago - como não está pago, se eu paguei na máquina com uma nota, recebi o troco e tenho aqui o recibo? Já estava a ficar nervosa - agradeci ao senhor que tentou me ajudar e fiquei por momentos a pensar o que havia de fazer, uma coisa eu tinha a certeza, tinha que tirar o carro dali, estava a bloquear a saída dos outros e a sentir-me tola, tinha que resolver aquilo e depressa, olhei para cima, vi um simbolo de um telefonezinho e sem mais demoras, carreguei - estava ali a salvação para a emergência, responde-me uma voz a perguntar em que podia ajudar, expliquei-lhe a situação e a voz diz-me que o estacionamento não estava pago - ora essa, como não está pago, estão a gozar comigo? - agora estava mesmo a ficar furiosa. Voltei a repetir a mesma coisa e a voz disse-me para esperar que já vinha ter comigo. Tirei o carro dali, as outras pessoas queriam sair, eu estava a impedir. 

 

Apareceu o funcionário, repeti o sucedido e mostrei-lhe o recibo - vou ter que ficar com o seu recibo e ticket, disse ele, dê a voltinha que já lhe abro a cancela, assim foi. Perdi ali uma data de tempo por causa daquela criatura quase da minha altura, de metal pintada com a cor do Benfica, com alguns botões e orifícios para meter moedas e notas, que aceitou o dinheiro e não registou. 

 

O quê? estava a querer burlar-me, achou que eu ia pagar duas vezes o mesmo serviço, ora essa! E se eu tivesse deitado fora o recibo antes de sair como faz tanta gente, não tinha como provar o pagamento e aí tinha que pagar mesmo duas vezes o mesmo serviço. Por sorte tenho o hábito de guardar os papelinhos todos durante algum tempo.

 

Já não basta haver para aí tanta gente a querer burlar o semelhante de qualquer forma e feitio, será que as máquinas também já aprenderam?

estacionamentos24horas.jpg

 

1 comentário

Comentar post