Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Desafio Caixa lápis de cor#3# Negro

Avó vem cá!

Estas palavras chegavam-lhe aos ouvidos vindas do lado de fora da porta, mas ela atarefada que estava junto à bancada da cozinha a descascar e a cortar batatas, cebolas, alhos, tomates, que a seguir meteu tudo num tacho por camadas estrategicamente seleccionadas. Estava nem mais nem menos a preparar uma boa caldeirada para o almoço.

- Avó vem cá, anda ver! O menino continuava a chamar, não tirando os olhos do lugar.

- Já vou meu querido!

As palavras chegavam aos seus ouvidos, o assunto parecia carecer de urgência, num ápice limpou as mãos, ligou o fogão e apressou-se a ir atender ao chamado, dirigiu-se à porta e ali estava sentado num degrau da escada de pedra de mármore branco o menino que olhava para cima, impressionado com a cena que observava. 

Avó, vês aquela ave vestida de negro, vês o que ela está a fazer? três bicos rosados saiam de um pequeno buraco daquela minúscula casinha castanha feita de lama e erva seca agarrada ao beiral do telhado, junto a ela, aquela ave vestida de negro alimentava aqueles bicos rosados ávidos de comida. O menino nunca tinha visto coisa igual e estava deslumbrado.

Como se chamam elas e o comem avó?

- chamam-se andorinhas e caçam insectos que comem e também levam para as andorinhas bebés. Elas são aves migratórias que vêm na primavera, fazem os seus ninhos, deitam os ovos  e nascem as andorinhas bebés. Quando as bebés estão já estão crescidas e vestidas de negro, também já sabem voar e o tempo entretanto já está a arrefecer, deixam os ninhos e vão embora à procura de sítios mais quentes. Voltarão na próxima primavera!

Ninhos-de-Andorinha.jpg

Em cada primavera elas voltam para refazer os ninhos já feitos ou fazer novos. As andorinhas são lindas, animam o espaço à sua volta com o seu canto e a sua silhueta vestida de negro!

As andorinhas, os seus filhotes, os seus ninhos e os seus ovos são uma espécie protegida tanto a nível nacional como a nível europeu. Há quem não ache graça a ter os seus ninhos nos seus beirais, até porque elas fazem muita sujidade, mas eu não me importo, gosto! Espalham alegria com o seu canto e o seu esvoçar!

É bastante alegre ouvi-las cantar logo pela manhã!

Neste desafio participo eu,Fátima Bento Concha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa,  a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, e a bii yue

"Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada uma, ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor".

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.