Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Dádiva de sangue

Chegaste para mais uma vez doar um pouco de ti e, notaste algo de diferente em relação às outras vezes, depois de alguns segundos reparaste que eram aqueles homens e mulheres vestidos com uma camisola azul que trazia escrito nas costas "juntos pelo P. G." ficaste curiosa e quando tiveste oportunidade de perguntar, perguntaste a alguém quem era P. G. e o que se passava. Foi-te explicado que ele sofria de uma doença e precisava urgentemente de encontrar um dador de medula óssea. Nesse dia estava muito mais pessoas que o normal, o ambiente era fraterno, muitos amigos e pessoas conhecidas de P. G. quizeram oferecer um pouco de si, ou outros também, (é quase contagioso). Na comunidade de dadores de sangue vão os  dadores de longa data e também há sempre novos dadores, aparecem muitos jovens, felizmente que é assim, gera-se um onda de solideriedade e partilha num ambiente diferente, as pessoas estão ali com um objetivo muito nobre e ao mesmo tempo muito humilde! 

"Assim como o farol protege os náufragos os Dadores protegem os doentes"

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.