Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Assim são as Palavras

"As palavras são como os frutos, se não forem colhidos na altura certa, caem da árvore e apodrecem, consumidos pelos vermes até serem nada. Assim são as palavras: nada. Se não forem ditas na hora devida, o seu poder e o seu valor extinguem-se no tempo como grãos de poeira. Até serem nada" 

Do livro (A perdição de D. Sancho II), o Rei que Portugal não quis!

O Poder das Palavras.jpg

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.