Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

A maior virtude dos fortes é o perdão!

Na caminhada da vida, aprendi que
nem sempre temos o que queremos.
Porque nem sempre
o que queremos nos faz bem.
Foi preciso sentir dor, para que
eu aprendesse com as lágrimas.
Foi necessário o riso, para que
eu não me enclausurasse com o tempo.
Foram precisas as pedras, para que
eu construísse meu caminho.
Foram fundamentais as flores, para que
eu me alegrasse na caminhada.
Foi imprescindível a fé, para que eu
não perdesse a esperança.
Foi preciso perder, para que
ganhasse de verdade.
Foi no silêncio que me
escutaram com clareza.
Pois sem provas não tem aprovação.
E a vitória sem conquista é ilusão.
E a maior virtude dos fortes é o perdão!

caminhar-e-aprender.jpg

 

Há vida sem solidão

Há pouco tempo descobri este blog  http://gestoolharesorriso.blogs.sapo.pt/. Um blog simpático com a abordagem de temas bastante interessantes e de fácil leitura. Visitem o blog de Carolina Cruz e tenho a certeza que vão gostar.

 

Uma breve citação de um post de Carolina Cruz

sem-planos-de-solidão.jpg

Como a admiro, como sei que faz o que é para ser feito, dando lugar às formas apetecíveis de se viver.

Como ela, vou mostrar que há vida sem solidão mesmo depois da noite escura, vou brilhar todos os dias e mostrar a todos aqueles que duvidaram, que sou como essa estrela brilhante que sabe desvendar cada mistério de palavras e gestos e com o seu grande coração agradecer tudo aquilo que se tem e tudo aquilo que se dá no melhor de si, para o mundo.