Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

O futuro pode ser aquilo que eu quizer

Hoje um vento quente sopra, leve, sobre o mar

E Enche o coração de paz e deixa perceber
Que há coragem, para lá do medo de falhar
e que pode mais quem quer.

Traço o rumo que escolhi,
estendo os braços ao verão,
no peito a certeza
e na boca o doce da paixão

Deixo as mágoas para trás
Olho o mar mais uma vez,
os pés bem firmes no chão

O futuro pode ser
Tudo aquilo que eu quiser
O destino cabe, inteiro,
na palma da minha mão

(Rui Melo)

tumblr_obj90zle2M1u0yid4o1_1280.jpg

(Imagem tirada da net)