Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Quando a tarde cai e o sol se põe

A tarde vai caindo e o sol lentamente vai descencendo, as pessoas iniciam a fechar chapéus e a enrolar os corta vento, arrumam toalhas dentro dos sacos e enfiam vestidos ou calças, começam a abandonar a praia, o pescador que no pontão lançava a linha ao mar na esperança de apanhar um peixe também já arrecadou todo o material e de cana ao ombro e baldes nas mãos, regressa, passa por nós e deixa dois dedos de conversa, diz que a pesca foi produtiva e que apanhou um bom peixe e segue o seu caminho sorrindo, vai feliz com a asua pescaria. As gaivotas sobrevoam em círculos por cima das nossas cabeças, grasnam, olho-as com a tenção e constato que são lindas com as suas grandes asas abertas, algumas pousam na areia, elas procuram alimento, restos de comida deixada pelos veraneantes.

 

Aos poucos, a praia vai ficando deserta apenas entregue a estas aves, e o sol inicia a sua descida gloriosa até ao Atlantico, afunda-se lentamente para voltar a nascer novamente amanhã, lindo e explendoroso para um novo dia!

20160805_192456.jpg

 Mais um dia termina.... um dia de cada vez e a vida vai assim deslizando ....