Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Euromilhões, se me saísse

Que faria se me saísse assim uma tão grande quantidade de dinheiro? em primeiro lugar ajudava os meus familiares e alguns amigos, segundo, em vez de comprar uma casa nova, faria da minha casa uma casa nova, adoro a minha casa e o sítio onde ela está, terceiro, arranjava uma forma de aplicar uma boa fatia que me garantisse rendimento seguro até ao final da minha vida, quarto, iria viajar pelo mundo, tenho uma enorme vontade de conhecer outros países, outras culturas.

 

Mas será que eu queria que me saísse assim tanto dinheiro? se calhar não queria, porque a minha tranquilidade de certeza que seria afetada.

 

Nunca mais seria a mesma coisa, quanto a isso não existe qualquer dúvida. Seria melhor? ou seria pior?

 

Já tenho lido alguns relatos de vidas a quem saiu o euromilhões e os resultados nem sempre foram os melhores!

 

 

A agenda em papel

Estou a olhar para a minha agenda em papel, tem uma capa colorida cheia de bonecos, parece um caderno da escola primária. Os compromissos são sempre muitos e existe em mim a necessidade de ter uma agenda em papel. Hoje em dia a maioria das pessoas só usa a agenda do telemóvel, por ser mais prática e estar sempre à mão. Olho a minha agenda, folheio a minha agenda e para mim, a agenda mais prática é em papel.

Gosto de sentir o bico do lápis ou caneta a escrever as tarefas e os lembretes, ao anotar as coisas em manuscrito, fixo-as melhor, não me perco tanto.

agenda.jpg

 É verdade que não preciso de anotar os dias que vou escrever postes, porque esta actividade (porque isto é uma atividade que, ninguém tem dúvidas que, entre escrever, ler e comentar nos ocupa uma boa fatia de tempo). Como ia dizendo esta atividade não é uma obrigação, nem uma coisa que tem que ser feita. Para mim a criação deste blog e mantê-lo activo é apenas um passatempo, um sítio onde me dá algum prazer partilhar peripécias e reflexões que vão surgindo no dia a dia. Com a visita, a leitura e comentários que diariamente faço aos outros  blogues que povoam a blogsfera, distraio-me com uns, divirto-me com outros e enriqueço ainda com outros. Os temas e conteúdos são tão diversos quanto diversa é a individualidade de cada um de nós. As palavras brotam do interior de cada um como a água que corre num rio.

 

Este é um mundo onde cada um pode escrever aquilo que quizer.

 

Dantes, quando ia para qualquer sitio, levava sempre uma revista ou um livro para ler nos pequenos tempos livres que ocasionalmente surgiam, agora, o telemóvel tem isso tudo. Revista, livro, correio e toda uma panóplia de coisas para ler que nunca se esgota. Tem também a agenda, onde tudo se pode anotar com lembretes sonoros para não te esqueceres e despertador para te lembrar que é hora de levantar da cama e começar a executar as tarefas que estão agendadas na tua agenda com capa colorida com bonecos que parece um caderno da escola primária.