Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Malditas moscas

Raio da mosca que não vê outro sítio para pousar que não seja a minha mão, já me estás a enervar!

- espera lá que já te aplico a sentença.

Levanto-me com a fúria de quem está irritado, vou à cozinha buscar aquela coisa com que se anda á caça das moscas e é uma dança pela sala. Eu a bater nas portas, paredes e armários e ela a gozar comigo, saltitando daqui para ali, mum vai e vem divertido, gozando com a minha raiva. Mosca maldita e irritante, tenho que te apanhar. Foi desta, esmagada contra a parede - não me irritas mais. Apareceu outra, em solidariedade com a parceira - malditas moscas,  e recomeça a cena do crime!

como-acabar-com-as-moscas-domesticas-2.jpg

 (Imagem tirada da net)