Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

Rudolfo, a Rena

23.12.18 | Maria Flor | ver comentários (1)
Prendas! Frio! Renas! Neve! Trenó no céu a aproximar-se! U-lá-lá mas quem vem lá? Que coisa estranha… O quê? Ali!... Rodolfo era uma rena com um nariz encarnado, que brilhava no escuro e era mesmo engraçado. Mas todas as outras renas se riam daquele nariz, e o (...)

Espírito de Natal e o Rudolfo

20.12.18 | Maria Flor | comentar
A manhã estava fria,  a geada cobria as ervas e sentia-se a humidade da madrugada ainda a pairar no ar. Olhei para a rua através das vidraças e vislumbrei um saco vermelho pendurado no portão, intrigada, perguntei-me o que seria aquilo. Vesti um roupão quentinho e (...)

Estrelas de Natal

10.12.18 | Maria Flor | ver comentários (7)
Não tenho uma estrela de Natal, todos os anos quando monto a árvore de Natal, penso nisto "não tenho uma estrela de natal", não tenho e não me lembro de comprar. O programa que tinha para esta tarde de domingo falhou e, como já tinha planeado montar a árvore de natal (...)

Dezembro, mês de:

01.12.18 | Maria Flor | ver comentários (3)
Um atrás do outro e já cá estamos outra vez, Dezembro, Natal! E Dezembro é mês de: Dias pequenos: não dão para nada, anoitece às cinco da tarde, se nos descuidamos um bocadinho, quando damos por isso, já é noite. Euforia: corrida às lojas, preocupação em fazer (...)

A precisão da meteorologia

30.11.18 | Maria Flor | ver comentários (5)
Um destes dias fiquei deveras impressionada com a precisão da meteorologia, no dia anterior tinha ido verificar no "tempo" qual seria o estado do tempo que iríamos ter no dia a seguir em determinada zona do país, "eles" diziam que ia chover às dez horas da manhã. No (...)

Olhando o mar

26.11.18 | Maria Flor | ver comentários (2)
Sob um céu nublado vou olhando o mar A minha  mente se esvasia de pensamentos, apenas existo eu, a pessoa que está a meu lado e o mar. Em silêncio contemplamos, Somente contemplamos porque não são necessárias as palavras.  O crepúsculo se aproxima devagar Sinal de (...)

Gatinho assustado!!

15.11.18 | Maria Flor | comentar
Ele nos viu, não nos conhece de lado nenhum, tentou se esconder de qualquer modo, mas acabou ficando muito exposto, quase pousando para mim, algo assustado!!