Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

31
Ago16

Todos temos um farol que nos orienta

Maria Flor

Os faróis foram muito usados na antiguidade, concebidos com uma luz intensa e forte de forma a ser avistada pelos navegadores que se encontram em alto mar que serve para os avisar e orientar, que se estão a aproximar da terra, ou de porções de terra que entram pelo mar dentro. O farol é assim um sinal que orienta os marinheiros quando se encontram no mar. Em dias de nevoeiro muito intenso no mar é comum ouvir-se a sirene do farol, os marinheiros não podem avistar a sua luz, mas podem ouvir a sirene e seguindo o som conseguem se orientar.

 

Todos temos um farol dentro de nós que nos orienta, uma referência que nos serve de guia, às vezes estamos tão absorvidos no meio do nosso mar que não procuramos o farol, deixamo-nos assim andar à deriva e quando percebemos já batemos numa rocha ou já nos perdemos na imensidão do oceano. Há uns dias deparei com esta frase que alguém colocou numa rede social "porque sofro tanto, já não aguento mais, mereço ser feliz".

Fiquei a pensar nisto e na pessoa que assim desabafava na rede social. Andará esta pessoa perdida e não consegue encontrar o seu farol, às vezes é preciso uma mão amiga que ajude que indique o caminho e que, mesmo devagarinho se vá avançando até lá chegar. Todos temos um farol dentro de nós mas muitos não o conseguem ver, existe muito nevoeiro no seu interior e a sirene pode estar avariada, isso impede que se alcançe o farol!

farol.jpg

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post