Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

16
Jun17

Sapo e sapos

Maria Flor

Andava eu muito entretida a regar alfaces, quando salta debaixo de uma alface bem junto às minhas mãos um sapo que, atrapalhado por ali começa aos saltos até desaparecer no meio da erva. Estes inofensivos animais me causam uma certa repulsa, talvez pelo seu aspecto ruguso e húmido e rápidos saltos. Embora os sapos tenham um aspecto um tanto ou quanto repelente são animais muito úteis na agricultura por comerem insectos, vermes e caracóis.

sapo.jpg

 Curiosidade sobre sapos. Pode-se ver mais aqui

"Os anfíbios dependem da água para a postura de ovos, pois estes não têm casca, e para manter a pele úmida, necessário para a realização da respiração cutânea na qual a troca de gases é feita pela pele. A respiração cutânea é necessária pois a respiração pulmonar não é completamente eficiente.

Depois de alguns dias, dos ovos saem girinos que respiram por brânquias, têm uma cauda e não têm pernas. Com o tempo o girino vai perdendo a cauda, desenvolvendo pernas posteriores e anteriores e trocando a respiração branquial pelas respirações pulmonar e cutânea até deixar a água ao término das transformações.

Os sapos se alimentam de insetos e capturam suas presas lançando para fora da boca a língua musculosa, longa e pegajosa, que é presa ao assoalho da boca pela extremidade anterior."

1 comentário

Comentar post