Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

08
Set16

O muro que nos separa

Maria Flor

Li hoje uma notícia que de certa forma me incomodou "Grande" muro antimigrantes vai começar a ser construído em Calais...A barreira vai ter quatro metros de altura e um quilómetro de comprimento. Será erguida em ambos dos lados da estrada de Rocade, que vai dar ao porto de Calais."

 "Antimigrantes" esta palavra até dói, parece que estamos a falar de um produto antiqualquercoisa e não de pessoas, pessoas iguais a nós que só querem fugir da guerra  e viver com dignidade.

 

 A Noruega também já anunciou há algum tempo a construção de um muro para impedir a entrada de migrantes vindos da Rússia.

 

Muros que têm em comum o mesmo  objetivo, impedir a entrada de migrantes ilegais. Cada vez mais me impressiona esta situação que não vai acabar nunca, continuamos a assistir quase todos os dias  através das notícias ao salvamento destas pessoas e da morte de outras.

Pessoas que desesperadamente procuram viver e dar aos seus filhos uma vida digna noutros países longe das guerras e conflitos, pessoas que arriscam tudo, até a própria vida, que se sujeitam a viver como miseráveis até conseguirem documentos que os deixem entrar legalmente em países de acolhimento.

 Existe de facto um muro que nos separa, que separa as pessoas que possuem no lugar do coração, um coração  das pessoas que possuem no seu lugar apenas um bloco de gelo, chamados de bárbaros, refiro-me claro áqueles que definem estratégias, criam planos e fazem as guerras, tudo queimam e destróem, que impedem o seu semelhante de viver no país em que nasceu, que os empuram de forma grotesca e cruel para um labirinto que é uma incógnita constante!

14.jpg

 

 

1 comentário

Comentar post