Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

21
Abr17

Mãe, gosto de ti

Maria Flor

Mãe,

quando olho o teu rosto,

vejo as tuas rugas,

e o teu olhar cansado,

vejo o teu cabelo branco,

e o teu sorriso feliz,

oiço as tuas palavras sábias

e sinto-me apenas um aprendiz!

 

gosto quando dizes,

que bom é ter filhas,

sem elas, que seria de mim?

gosto que nos ames, 

e nós te amamos sem fim!

 

Mãe, és a nossa princesa,

a nossa rainha,

te prestamos vassalagem

e o nosso amor te acarinha!

(Maria Flor)

DSC07513 - Cópia.JPG

 

1 comentário

Comentar post