Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

06
Nov16

Domingas #3(conto)

Maria Flor

O primo Jorge ia percebendo que os seus propósitos iriam apresentar dificuldades de serem alcançados e disse: - Prima Domingas fico feliz por saber que a prima é feliz aqui, mas nunca sonhou conhecer um pouco mais do mundo, viver em outro lugar, conhecer outras pessoas?

Desconfiada, Domingas exclamou - porque me faz essas observações, porque haveria eu de ir conhecer mundo, conheço o mundo que a televisão me mostra e fico contente, conheço as pessoas daqui que vivem como eu e somos felizes assim, porque haveria de viver noutro lugar? Jorge não sabia como abordar o assunto, tinha ensaiado tantas vezes, tinha imaginado que a sua prima ficaria feliz com a sua proposta, mas agora verificava que estava redondamente enganado, verificava que há pessoas que encontram a felicidade nas pequenas coisas da vida. Ele estava habituado à vida agitada de Paris, às luzes, ao movimento.... como abordar então a sua proposta?

Jorge tinha estudado ao pormenor aquela aldeia, pelo pouco que tinha observado daquela pequena quinta onde a prima vivia, constatara que a quintinha tinha muitas potencialidades para o seu projeto, estava na moda o "turismo rural", tinha desenhado na sua cabeça um projeto tão bonito, como convencer a prima Domingas?

Então abordou a prima de outra maneira, perguntando - que acha a prima Domingas da ideia de alguém um dia querer trazer para aqui um pouco de turismo? Domingas apalermada interrogou - turismo????......

(continua)

há-mar-ao-luar.jpg

 

 

 

1 comentário

Comentar post