Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

26
Mai17

Dia da Espiga 2017

Maria Flor

O dia amanhecera soalheiro, com uma temperatura muito agradável, calorzinho de verão. Munidos de chapéu de sol na cabeça, óculos de sol, roupa prática e tênis, ela e as crianças saíram de casa em direcção aos campos a fim de reunir os componentes principais para fazer um lindo ramo de espiga que habitualmente se faz neste dia de quinta feira da Ascenção, que no concelho onde vivo é feriado municipal. Comemora-se o dia da Ascenção de Jesus ao Céu, por isso é chamado de quinta feira da Ascenção, também porque acontece sempre à quinta feira.

Assim, apanharam e compuzeram o ramo da espiga com:

  • espiga de trigo; para que haja abundância de pão ao longo do ano.
  • ramo de oliveira; para que haja paz e que não falte o azeite.
  • malmequer; alegria, ouro e prata.
  • papoila; amor e vida
  • alecrim; saúde e força
  • folha de videira; para que não falte o vinho.

20170525_205507.jpg

Terminado o passeio ao campo, cansados e suados, regrssaram a casa, felizes por mais uma vez poderem substituir o ramo de espiga seco que se mantinha em casa pelo novo e fresquinho.

Guardaram esta imajem para mais tarde recordar!

 

 «A origem festiva do Dia da Espiga, coincidente com a Quinta-Feira da Ascensão, é muito anterior à era cristã. Na verdade, este dia é um sucessor de rituais pagãos nos quais se celebrava a primavera e se consagrava a natureza que, após os meses frios, trazia a promessa e a esperança de novas colheitas.»