Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

16
Set16

Ãnsia

Maria Flor

Ela esperava nervosamente a chamada telefónica que teimava em não surgir. Quantas vezes já olhara para o aparelho que, mudo fazia parte da decoração do hall de entrada da casa. Já perdera a conta às vezes que percorrera a casa de cima a baixo numa ãnsia desesperada de ouvir aquele toque... As horas deslizaram umas atrás das outras e o dia lentamente chegou ao fim. Um dia perdido! A noite chegou e passou com a mesma tranquilidade de sempre, cumprindo o seu ritual. Hoje é um novo dia, um dia que se quer vivido e produtivo. Ultrapassadas as ãnsias, estas geraram forças para melhor viver a vida.

São tão simples as coisas que possuem o poder de tornar feliz o dia do ser humano, apenas é preciso estar atento para chegar ao fim do dia com aquela sensação de que se fez o que o que era esperado ser feito e que lhe enchesse o coração.

Uma pessoa idosa que necessitou de ajuda para atravessar a estrada; um viajante que com uma pequena informação conseguiu chegar ao seu destino; alguém que só precisava que outro o escutasse e lhe dispensasse um pouco do seu tempo e atenção... São tantas as pequenas/grandes coisas que podem fazer a alegria de uns e acalmar a ânsia que por vezes devora as entranhas de outros e lhes consome a energia!

8544161_ekfcD.jpeg

 

1 comentário

Comentar post