Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

22
Mar17

Palácio de Monserrate Sintra

Maria Flor

Maria Flor levantou-se cedo, tinha planos bonitos para aquele domingo que se apresentava soalheiro, tinha visto a metereologia no dia anterior e sabia que o tempo ia estar bom mesmo sendo ainda inverno.

Preparou-se desportivamente, calças de ganga clara, uma blusa tipo camiseiro, um blusão de ganga leve, tênis, uma lancheira com umas sandes e alguma fruta para o almoço e uma garrafa de água.

Assim preparada pegou no carro e dirigiu-se ao local que havia combinado com a sua amiga, ambas seguiram então até Sintra, tinham decidido passar o dia juntas, pôr conversa em dia e passear num belo parque situado no sopé da serra de Sintra, foram visitar o palácio de Monserrate e os jardins.

Um grupo grande de jovens estrangeiros também se passeavam por ali, fazendo fotos e videos aqui e ali, penso até que as duas amigas ficaram num video deles, porque quando se aperceberam que estavam a filmar já eles estava a acabar e elas estavam mesmo atrás deles.

Desceram o caminho que as levou até ficarem de frente com o palácio, belo e imponente destacava-se no meio da folhagem verde de árvores seculares e o azul do céu, ficaram maravilhadas com o que viam, embora já conhcessem o palácio em fotos e na internet, ao vivo é sempre uma sensação mais completa, mais presente e real.

DSC07678.JPG

 

 DSC07683.JPG Entraram no átrio central onde deparam de imediato com uma bela fonte de alabastro, uma estátua e a copúla de um  efeito cenográfico maravilhoso. Daquela perspetiva olhando para a esquerda e para a direita exibia-se o corredor central, suportado em colunas de mármore rosa e em arcos rendilhados feitos em estuque relevado, oferecendo um espectáculo magnifíco.

DSC07686.JPG

 

DSC07699.JPG

 

DSC07706.JPG

 O encanto do exterior, envolvido por jardins maravilhosos, verdes de cortar a respiração, tendo como música de fundo o som das quedas de água das magnificas cascatas que existem no parque. Árvores seculares exibindo troncos que parecem esculturas, cameleiras repletas de botões que se erguem em direção aos céus, lagos simplesmente romãnticos.....

DSC07734.JPG

 Sintra é uma vila cheia de encanto, mistério e romantismo.... vila de reis e gente burguesa.... hoje altamente turística, circulando pela zona histórica de Sintra, por vezes temos a sensação de estar num país estrangeiro por se ver mais estrangeiros que portugueses.

 

No final do nosso passeio fomos tomar um café à famosa pastelaria "Piriquita" e saborear ainda quentes os famosos travesseiros de Sintra, sendo este o seu doce tradicional!

 

Quando forem a Sintra, não deixem de visitar!

21
Mar17

Dia da poesia - Vi-te de longe

Maria Flor

Vi-te de longe no meu sonho,

vestias uma camisa aos quadrados

na cabeça, um chapéu trazias,

via a nossa vida aos bocados,

ouvia as palavras que dizias,

eram belas, repletas de ternura

um carinho infinito,

palavras de embalar,

palavras de poesia,

A tua imagem se desvaneceu,

restaram apenas as sombras,

o meu coração desfaleceu

e se encrespou como as ondas.

Dentro de mim saiu um grito,

sem som, mas profundo,

débil, amargurado,

como saído de um coração aflito.

Quisera nunca te ver,

quizera nem te conhecer,

tranquila levava a vida,

agora sem compasso nem guarida!

(Maria Flor)

DSC07716.JPG

 

20
Mar17

O latido do Doutor Adam

Maria Flor

Ler enriquece o homem, o torna culto e lhe abre as portas ao mundo!
A história de um miúdo que tem que sair da sua aldeia, deixar a sua familia e ir viver na capital com um tio bem instalado na vida, mas muito sovina, vale-lhe a tia que se compadece dele. Justino deixa a sua terra, um lugar pobre, perdido no norte de Portugal, para poder estudar e ser alguém na vida, ser um "Doutor". Uma vida de muito trabalho e sacrificio, vivida no tempo de Salazar e  que atravessa a revolução de 25 de Abril. Uma época em que quase tudo era proibído e tabu.

20170318_135044.jpg

Uma obra não muito rica em conteúdo, na minha opinião, que o leitor é tentado a saltar algumas linhas por achar menos interesse nalgumas descrições mais longas. Ainda assim, é uma leitura que prende a curiosidade de quem o lê até à última linha!

 

16
Mar17

Entre serras e paisagens

Maria Flor

Entre serras e paisagens fui visitando algumas coisas, encontrei uma quinta em Alcains onde se faz a criação das ovelhas e o fabrico do queijo, ali, quase vi nascer carneirinhos, não aqueles que conto à noite para adormecer, mas os verdadeiros, quando os fotografei ainda mal se tinham de pé!

DSC07544.JPG

 

DSC07543.JPG

 As meninas marcadinhas de cor de rosa e os meninos de azul, digam lá se não são tão amorosos?

DSC07545.JPG

 O feno para os alimentar quando não vão ao pasto!

DSC07540.JPG

 As ovelhas no pasto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

15
Mar17

Castelo Novo, Fundão

Maria Flor

O nosso autocarro parou no largo principal da Aldeia histórica de Castelo Novo para nos deixar a visitar este lindo lugar perdido no meio das serras da Gardunha no concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

DSC07560.JPG

 Começamos a subir a calçada e fomos nos deparando com ruas estreitas e belas construções recuperadas de um lado e do outro, curiosamente não se viam pessoas, apenas as da nossa excursão e mais um turista ou outro. Aqui é o Chafariz da Bica, é ornamentado com o brazão de D. João V!

DSC07565.JPG

 Os monumentos que fomos encontrando pelo caminho estavam todos fechados embora fosse Domingo, mas apreciamos os exteriores que só por si já nos enchiam a alma, de tão bem enquadrados nesta pequena aldeia. Esta é a Igreja da Misericórdia!

DSC07547.JPG

 Antes do autocarro estacionar já tinhamos passado por esta cascata que fica à entrada da aldeia!

DSC07571.JPGCasa da Cãmara

DSC07578.JPG

 

DSC07581.JPG

 Do alto do castelo apreciei esta paisagem que me encantou pela sua beleza! 

Um lugar que recomendo visitar a todos os que por estes lados passar, acreditem que vale a pena!