Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

31
Ago16

Todos temos um farol que nos orienta

Maria Flor

Os faróis foram muito usados na antiguidade, concebidos com uma luz intensa e forte de forma a ser avistada pelos navegadores que se encontram em alto mar que serve para os avisar e orientar, que se estão a aproximar da terra, ou de porções de terra que entram pelo mar dentro. O farol é assim um sinal que orienta os marinheiros quando se encontram no mar. Em dias de nevoeiro muito intenso no mar é comum ouvir-se a sirene do farol, os marinheiros não podem avistar a sua luz, mas podem ouvir a sirene e seguindo o som conseguem se orientar.

 

Todos temos um farol dentro de nós que nos orienta, uma referência que nos serve de guia, às vezes estamos tão absorvidos no meio do nosso mar que não procuramos o farol, deixamo-nos assim andar à deriva e quando percebemos já batemos numa rocha ou já nos perdemos na imensidão do oceano. Há uns dias deparei com esta frase que alguém colocou numa rede social "porque sofro tanto, já não aguento mais, mereço ser feliz".

Fiquei a pensar nisto e na pessoa que assim desabafava na rede social. Andará esta pessoa perdida e não consegue encontrar o seu farol, às vezes é preciso uma mão amiga que ajude que indique o caminho e que, mesmo devagarinho se vá avançando até lá chegar. Todos temos um farol dentro de nós mas muitos não o conseguem ver, existe muito nevoeiro no seu interior e a sirene pode estar avariada, isso impede que se alcançe o farol!

farol.jpg

 

 

 

 

30
Ago16

A Vida de Éder em livro

Maria Flor

 Éder conseguiu aquele golo que deu a vitória à Selecção Nacional. Com aquele golo Éder não só deu uma grande vitória a Portugal, como também deu uma enorme vitória a si mesmo. Com este livro que ainda não li, mas espero vir a ler, o jogador pretende ajudar muitos jovens a acreditar em si mesmos, ao mesmo tempo transmitir-lhes uma forte mensagem de confiança.

A ainda curta vida de Éder não tem sido fácil por isso, ele quer dizer ao mundo que só com muita força, coragem e muita persistência, se consegue alcançar os objectivos que fazem parte dos nossos sonhos. Éder é um exemplo vivo dessa persistência! "Vai correr tudo bem" as palavras que Éder pronunciou e que vai eternizar nesta mensagem ao mundo!

livro-de-eder.jpg

 

27
Ago16

Amoras silvestres

Maria Flor

Quantas vezes olhei para aquele silvado e não liguei importãncia nenhuma. Hoje olhei com outros olhos e pensei - deixa lá ver se aquelas silvas têem amoras, peguei num recipiente e lá fui enfrentar as silvas e os seus espinhos, e não é que tinham mesmo, grandes cachos cheios delas pretas e bem maduras. Que maravilha de amoras e aqui tão perto. Arranhão aqui picada ali e lá fui enchendo a taça de amoras e comendo outras que se desfaziam nas mãos. Em pouco tempo a taça ficou cheia. Quando era criança nos caminhos que percorria era muito frequente encontrar amoras e sempre parava para apanhar e comer ali mesmo. Agora comi e trouxe para casa uma bela taça de amoras.

De imediato fui à procura de saber os seus benefícios e encontrei isto, fiquei espantada com tantos benefícios que as amoras fornecem ao organismo humano. Agora aliando os benefícios ao rico e sabor e textura das amoras é comer e chorar por mais!

DSC06709.JPG

 Alguns dos beneficios para a nossa saúde que podemos encontrar nas amoras silvestres: Digam lá se com tanto benefício se não era para andarmos a comer amoras o ano inteiro e dispensarmos a farmácia!

  • Melhoram o trânsito intestinal devido a ter fibras na sua composição.
  • Têm baixo teor calórico.
  • Têm propriedades antioxidantes e neutralizam a acção dos radicais livres.
  • As amoras estão indicadas para o combate da diarreia.
  • Reduzem os níveis de colesterol no sangue.
  • Ajudam a prevenir a arteriosclerose.
  • Ajudam a melhorar a visão e previnem a degeneração da vista.
  • Têm propriedades diuréticas.
  • Facilitam a digestão.
  • Contribuem para manter um bom estado dos nervos.
  • As amoras fortificam o sangue.
  • São boas para combater as infecções.
  • Reduzem o risco do aparecimento de doenças degenerativas.
  • Aumentam as defesas contra o frio.
  • Revitalizam a pele.
26
Ago16

O Perfume da Savana

Maria Flor

"O Perfume da savana", uma leitura que tem tanto encantamento por um profundo e intenso amor como por paixão pela natureza. Durante esta leitura vi-me no meio de uma savana (note-se que nunca estive em nenhuma) mas nesta obra o autor consegue colocar-nos no meio da Savana a conviver com leões, jacarés e uma quantidade razoável de animais que habitam a selva, enquanto ao mesmo tempo nos faz sentir o quanto profundo pode chegar o sentimento de amor e carinho de um ser humano por outro.

DSC06700.JPG

 

A época "anos 60" é descrita com uma simplicidade e de uma total clareza onde a mulher estava a começar a dar os primeiroa passos para se libertar, onde um divórcio era uma catástofre e a honra de um homem se lavava com o crime. Isabel, uma mulher casada, muito bonita, encantadora e de coração puro, pagou com a sua vida o amor intenso e arrebatador  que nutria e viveu com Daniel, um rapaz igualmente bonito, de bondade extrema. A Savana o cenário perfeito para um amor assim.

DSC06701.JPG

 

Tive o prazer de conhecer este livro através do seu autor, o nosso amigo "Corvo" aqui deste espaço, que gentilmente mo ofereceu. Confesso que não estava à espera e foi de facto uma surpresa muito agradável. Quando abri o envelope onde vinha o livro fiquei logo maravilhada com a encadernação que é bastante bonita e quando comecei a leitura, nenhuma mais se interpôs entre ela,  até chegar ao fim.

DSC06699.JPG

  "O Perfume da Savana" de Ludgero Santos é para mim uma obra equiparável às melhores obras que tenho lido, uma leitura que nos cativa desde a primeira página até à última sempre querendo saber o que acontece a seguir. O desfecho é trágico mas, por muitas vezes também o é a realidade da vida? Aconselho vivamente esta leitura!

 

 

25
Ago16

Escutem, sou eu a "Terra" que vos fala

Maria Flor

Mais uma vez a natureza traíu os habitantes da terra, mais uma vez as profundezas da terra se sacudiram e disseram aos humanos - estou aqui, vejam, estou aqui e vocês por mais inteligentes que sejam nada podem contra a minha fúria. Posso derrubar, posso sacudir, posso abrir covas profundas, posso enterrar-vos vivos, e vocês o que podem fazer contra mim? nada.... Vocês habitam a minha crosta porque eu a vos empresto, não seria pedir muito que ao menos a respeitassem, que conservassem melhor o ar que as árvores que crescem sobre mim, purifica para vosso bem, já pensaram nisso? As árvores bebem a humidade que percorre as minhas entranhas para crescerem e se mantrem verdes para vos proporcionar sombra e ar puro.... às vezes irrito-mo convosco, percebem, e quando me sinto irritada, estremeço, tenho que sacudir a poeira e, quando o faço são vocês que pagam a fatura. Pensem mais um pouco em mim por favor, respeitem-me mais, é só o que vos peço!

9per_rossiya_18.JPG

 

Não queria provocar esta dor tão grande num país tão bonito como é Itália, não queria provocar dor em país nenhum.... mas vocês irritam-me tanto com as vossas atitudes e comportamentos que não aguento, vejam agora também os incêndios - porque queimam as árvores que eu com tanto carinho ajudo a crescer durante largos anos para depois em poucos momentos ficarem reduzidas a cinzas - eu não vos compreendo!!!! Repito, não consigo compreender-vos, vocês precisam tanto de mim!

24
Ago16

A propósito de Ponte de Sor

Maria Flor

A propósito desta frase, ocorre-me falar um pouco de duas entrevistas, duas versões que acabei de ouvir nas notícias.

Refiro-me certamente ao caso de Ponte de Sor. Muitas críticas, muitas versões se ouvem, no entanto já muitos possivelmente se interrogaram - quem serão realmente os culpados? Ou serão todos culpados? Entre adolescentes em certos ambientes copos e provocações não é difícil de acontecer e sabemos que às vezes basta uma palavra, um gesto ou um toque para dali sair uma guerra. Este é um caso melindroso e que está a criar muita polémica por se tratar de pessoas com elevado estatuto social. O que penso que está a revoltar as pessoas não é própriamente o que aconteceu, embora o que aconteceu tenha sido bastante grave, rixas há muitas mas há que saber quando parar, e quase sempre o álcool não deixa enxergar os factos, mas o que está mesmo a criar revolta é a questão da "imunidade diplomática" que, esta também eu não compreendo, mas também não aprofundei este tema para saber porque existe. Independente de tudo o resto, desejo rápidas melhoras ao Rúben e abstenho-me de fabricar qualquer crítica! Criticar é fácil....

critica.jpg

 

23
Ago16

A aventura do caroço da maçã

Maria Flor

A maçã era daquelas raiadas de vermelho muito saborosas e sumarentas. Sentada à mesa ia conversando e cortando a maçã com uma faca, quando tentava cortar aquela parte do meio onde estão os caroços, acontece que um caroço meio cortado salta direitinho e vai bater nem mais nem menos no olho de quem se encontrava na sua frente do outro lado da mesa.Digam lá se isto não é pontaria de ponta prestes a ganhar uma medalha?

Escusado será dizer que a pessoa que levou assim apanhado de surpresa este "tiro" num olho, apanhou um valente susto  e aquilo doeu-lhe mas não houve mal de maior e, passado o efeito surpresa desatamos os dois a rir, deu-se umas boas gargalhadas e passou a ser um momento divertido!

TRAIÇÃO+04.jpg

(Imagem tirada da net)

 Poder-se-á dizer que também nesta situação Adão foi atraiçoado pela maçã de Eva

22
Ago16

Transmissão de pensamento

Maria Flor

Com frequeência me acontece estar a pensar em determinada coisa ou situação e perceber que alguém que está comigo ou longe de mim está a pensar na mesma coisa, por exemplo, acontece-me com frequência ligar para algumas pessoas no exato momento em que elas estão a ligar para mim ou vice versa. Nessa altura o telefone dá ocupado porque a ligação estava a ser efetuada pelas duas pessoas em simultãneo, percebemos isso porque comentamos sempre a coincidência do facto. Outras vezes quando estamos juntas abordamos o mesmo assunto exatamente ao mesmo tempo e com caraterísticas semelhantes. A isto eu chamo "transmissão de pensamento".

reflexivo 3.jpg

O fenômeno é mais comum do que geralmente se pensa, mas acontece quase sempre de modo semi-consciente ou  inconsciente. Se todos soubessem que a telepatia se processa o tempo todo e está presente nos vários aspectos da vida diária, teriam mais cuidado não só com o que dizem, mas também com o que pensam e sentem em relação a cada pessoa e situação. A afinidade magnética que possibilita a telepatia pode ser harmoniosa ou desarmoniosa. As trocas telepáticas são fonte de sofrimento ou de bênçãos. Nem tudo que é similar se harmoniza. Nem tudo que é diferente se complementa. Para evitar problemas, a melhor coisa a fazer é deixar de pensar de maneira errada e aprender a pensar corretamente.    

 

 

Pág. 1/4