Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

06
Fev13

Jaquinzinhos

Maria Flor

Lá se vai o polvo pequeno e o "jaquinzinho" por água abaixo, variedade de peixe muito apreciado pelos portugueses. O governo acaba de anunciar que está a preparar campanhas para sensibilização de alertar os portugueses para o não consumo de peixe pequeno. Mas vão lá dizer aos pescadores amadores para não "irem aos polvos" ainda mais agora que as dificuldades são tantas e o desemprego não tem fim. É muito habitual nas zonas costeiras, as pessoas que tem muito tempo livre se dedicarem a esta actividade. É vê-los logo de madrugada a sair de casa para "ir à malhada". Tem que se fazer pela vida dizem uns e não há melhor polvo do que aquele apanhado nas rochas dizem outros!

03
Fev13

Lavar as mãos

Maria Flor

Coisas tão simples como fechar a torneira quando se ensaboa as mãos passa despercebido à maior parte das pessoas e também a mim passava, foi preciso ver a minha neta de dois anos a lavar as mãos. Ela foi ensinada para que quando está a ensaboar e a esfregar as mãos, a manter a torneira fechada e só a voltar a abrir quando vai passar as mãos por água para tirar a espuma. As crianças ensinam-nos muitas coisas!

 

 

03
Fev13

Idosos regressam a casa

Maria Flor

A Cáritas denuncia casos de idosos que estão a regressar a casa para ajudar as familias. Em muitos casos são os filhos que estão a suportar as mensalidades dos lares e estes tem custos muito elevados para a maioria das familias. Estes idosos estão a prescindir de cuidados de saúde, higiene e convivência para ajudar os filhos que ficaram em situação económica difícil causada pelo desemprego. É triste termos que assistir a situações destas. Estamos retroceder vem todas as frentes, a voltar aos tempos dos nossos avós, em que os idosos ficavam sempre ao encargo dos filhos e eram estes que cuidavam deles, nessa altura nem reforma tinham. Os tempos são outros, as necessidades também, criaram-se hábitos e formas de viver que agora estão a ser dificies de alimentar, criando assim depressões, angústias e outros sentimentos negativos. Que governo é este que está a colocar o país e as gentes numa profunda pobreza? Que país é este que está a mandar para fora os recursos humanos altamente qualificados que poderiam trazer tantos benefícios para Portugal? Que país é este que não oferece qualquer segurança aos casais jovens para que estes possam pensar em ter filhos? Dentro de poucos anos teremos um país completamente envelhecido sem gente que alimente a segurança social com os seus impostos.