Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Abrigo das letras

Abrigo das letras

29
Jun12

O que faz aos livros cuja leitura não apreciou'

Maria Flor

Um livro é uma fonte de conhecimento, transporta quem o lê para dentro dele. Nele existem mares, montanhas, terras jonginquas e terras perto. Existe muito amor e muito sofrimento. Existe a sabedoria de quem já viveu muitas épocas e a capacidade de ensinar e transmitir valores inquestionáveis. Um livro é muito mais que uma capa e folhas de papel, com ele conhecemos o mundo. Nem tudo o que é preciso saber se encontra nos livros e nem todos os livros agradam a todos, tu gostas de um género, eu gosto de outro, o importante é que tanto tu como eu gostemos do que estamos a ler e que essa leitura nos deixe mais ricos em sabedoria e cultura. Raramente levo a leitura de um livro que não estou a apreciar até ao fim, mas estimo esse livro tão bem como os outros de que apreciei na íntegra, tal como uma mãe que ama todos os seus filhos de igual modo com todas as diferenças que existem entre eles.

28
Jun12

O Jardim do Edén

Maria Flor

 

No Livro de Génesis, no jardim do Éden, Deus fez toda a espécie de árvores agradáveis à vista e de saborosos frutos para comer. Nele também colocou, ao centro, a "Árvore da Vida" e a "Árvore da Ciência do Bem e do Mal". Um rio nascia no Éden e ia regar o jardim, dividindo-se a seguir em quatro braços.

A árvore do conhecimento tinha um fruto que, segundo Eva, manipulada pela serpente (supostamente simbolizando satanás) devia ser bom para comer, pois era de atraente aspecto e precioso para a inteligência. Contudo, apesar de atraente, ou talvez por isso, era o fruto proibido original.

 

Também conhecida como Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal, ou simplesmente Árvore da Ciência, foi plantada, segundo o relato bíblico, no Jardim do Éden, tendo seus frutos sido proibidos ao homem por Deus. Segundo o mesmo relato, após ser interpelada pela serpente, a mulher (Eva), desobedecendo a ordem de Deus, come do fruto, oferecendo posteriormente ao homem (Adão), que também o come, provocando o que se chama de pecado original da humanidade.

.